Portugal - Lisboa Roteiro de 7 Dias- Viajando Sozinha

 Olá, gente tudo bom com vocês? 

 Hoje eu quero compartilhar com vocês a minha viagem a Lisboa, é um roteiro de 7 dias onde espero que através deste artigo vocês se sintam em Portugal-Lisboa junto comigo. Foram 7 dias fascinantes, com comida, paisagens incríveis, cultura nas ruas e muros da cidade. Ir a Lisboa te faz entender um pouco mais da nossa própria história e entender que cultura e educação fazem qualquer país ser melhor que qualquer outro que não o tenha. Então vamos lá!



1º Dia


 Pra quem me acompanha por aqui, sabe que eu sempre estou na Espanha, então minha partida foi de Barcelona para Portugal.

 Peguei o avião da companhia aérea TAP as 12:35 e cheguei a Lisboa as 13:30. Pra quem quer maiores informações sobre como é viajar pela TAP pode assistir o meu vídeo onde eu mostro a vocês a minha experiência com a TAP, esta ai abaixo é só apertar no play:




 Como sempre o 1º dia é aquele dia que dependendo do horário que eu chego, faço pequenos passeios; mais antes de qualquer coisa fui do aeroporto até a pensão de metrô, depois de me alojar fiz coisas como ir ao supermercado, comprar umas frutas e água pra deixar no quarto do "hotel", conversar com as pessoas, e confirmar minhas anotações pra saber como chegar a cada lugar evitando qualquer intercorrência possível. Eu fiquei em uma pensão chamada Home 22, achei ela pela Booking, vou deixar aqui para vocês o link de desconto da Booking, o desconto é dado no final da sua hospedagem, ou seja, tem que se hospedar para ganhar o desconto, mais vale a pena, afinal desconto é desconto sempre 🙌: https://www.booking.com

 A pensão é boa, o quarto é bem simples e espaçoso, o banheiro é compartilhado e bem grande, pode levar seu pet, não tem elevador e outra coisa bacana é a cozinha que tem ali, o que facilita muito a vida de quem mochila o dia inteiro e gosta de preparar um lanche pra colocar na mochila, esta pensão é administrada por coreanos (acho) que mal falam português, o que torna tudo mais divertido e contraditório. 
 E NÃO SE ESQUEÇA, VOCÊ ESTA EM UMA PENSÃO, ENTÃO NÃO COMPARE COM UM HOTEL 5 ESTRELAS!
 Se quer que o wifi funcione, deixe nas observações na hora que fizer sua reserva, para que te coloquem próximo ao sinal do wifi, senão você fizer a reserva no Booking para não ter problemas para se conectar, assim eles tentam colocar você em um quarto mais próximo possível do sinal de Wifi.
  A localização é boa, mais não fica na parte central da cidade, então eu resolvi pegar o Uber para me deixar mais próximo dos lugares que queria visitar quando achasse necessário, a vantagem é o conforto e o preço que é bastante acessível, e ainda mais barato para quem viaja com mais pessoas, alguns lugares você consegue ir andando e também fica próximo ao metrô. 
 Eu, vocês já sabem, viajo sozinha e mesmo assim ainda achei bacana utilizar este serviço la 🚗. 
 Uma coisa que vocês devem saber é que em muitas hospedagens na Europa agora é cobrado uma tarifa diária, que é cobrado além do valor total da diária do local escolhido, então não estranhem se ele pedir o pagamento desta taxa.Que é o imposto municipal cobrado por Hóspede, este valor pode chegar a 7 Euros por pessoa por cada dia de estância, neste local especifico foi cobrado 1 Euro por dia de estância. E eu paguei um total de 115 Euros por 7 dias de hospedagem, fala pra mim se isso não é uma pechincha 💶


Frente e entrada da Pensão Home 22



Quarto da Pensão Home 22

 Depois de deixar minhas coisas no quarto eu fui ao supermercado DIA que fica próximo dali e comprei água e algumas coisinhas pra deixar na geladeira da pensão para poder fazer um lanche ou beliscar. A vantagem de ir ao supermercado é que lá você encontra alguns produtos que em lugares turísticos são vendidos a preços exorbitantes, então sempre que eu viajo passar em supermercados também faz parte da minha lista. Não saí tirando foto a torto e a direita dentro do supermercado mais tenho uma que é dos chás (sou louca por chás rsrs) que é pra provar pra vocês que eu realmente estive ali 😃



 Praticamente em frente a pensão, do outro lado da rua, você vai ver uma especie de bar, meio padaria... a fachada te deixa um pouco confusa, e não tem um letreiro grande pra você identificar o tipo de lugar que é ali, o nome é CAFÉ O DEGRAU, ali eu jantei, uma comida caseira e gostosinha, logo na primeira garfada você já nota a diferença da cozinha portuguesa para a nossa. 

Café O Degrau

 Uma outra coisa que eu sempre faço quando eu viajo é comprar um chip para celular, desses pré pagos pra que eu tenha internet o tempo todo e possa usar o Google Maps durante minhas idas e vindas, isso ajuda muito quem viaja sozinha. Eu usei o Vodafone, mais existem outros e você pode ver a que tem a melhor oferta no momento da sua estância em Portugal, porque elas vivem mudando, a Vodafone na época me dava 2GB de internet e mais minutos de chamadas internacionais.  
 Mais a noitinha, la pra umas 21:00 bateu aquela fominha e eu resolvi ir a um taberna que fica ao lado da Pensão onde eu estava que chama-se: Taberna do Conde Wine & Tapas. Vale a pena pedir uma porção de batatas com mel e alecrim é uma combinação aparentemente exótica mais que eu garanto que você vai amar 💗

Taberna do Conde Wine & Tapas



Taberna do Conde Wine & Tapas


2º Dia

 Hoje foi dia de escolher o ônibus de turismo e o trajeto que eu quero fazer.
 Existem dois ônibus, um é o amarelo e o outro é o vermelho, cada um tem suas diferenças então, vá a um posto credenciado e faça todas as perguntas que quiser. 
 Eu optei pelo ônibus da Yellowbus e optei pelo passeio que me da direito a 48 de uso e que permite a escolha de 3 circuitos chamada Bus & Tram 


Ônibus de Turismo


 E além de vir um mapa com o roteiro que o ônibus de turismo faz, vem também um fone de ouvido, e um livrinho como este com vários cupons de desconto ⇓

Livrinho de Desconto


Livrinho de Desconto



 Depois da compra eu resolvi fazer o 1º passeio que poderia levar mais tempo, porque tem que ser feito de forma tranquila, para ser bem aproveitado que é o Oceanário de Lisboa (Aquário de Lisboa), considerado o 2º maior do mundo.
 Abaixo segue fotos que eu tirei la no Oceanário para vocês verem que é um passeio que vale muito a pena ser feito. 



Oceanário de Lisboa


Oceanário de Lisboa


Oceanário de Lisboa


 Saindo do Oceanário, em volta mesmo, você vai ter acesso a parte moderna de Lisboa que sinceramente não me interessou muito então eu decidi fazer este percurso de dentro do ônibus panorâmico, pra não voltar com a sensação de que deixei de cumprir com o roteiro. 
 Abaixo eu deixo algumas fotos para vocês: 


Passeando pela parte moderna de Lisboa

 Sai de la, morrendo de fome, e decidi descer na parada Praça da Figueira, desta parada você tem acesso a lojas de roupas, calçados, docerias e restaurantes e de la se você quiser ir andando, em 20 minutos você chega a pensão que eu fiquei hospedada andando. Esta é a praça da Figueira: 

Praça da Figueira


 Como havia passado já das 17:00 eu resolvi voltar para a Pensão tomar um bom banho e sair pra jantar no mesmo lugar do primeiro dia que foi o Cafe o Degrau, pedi um prato com nome Bacalhau à Brás que é um prato bem típico português, deveria ser bom, pois é feito com bacalhau, batata palha, cebola, ovo mexido, azeitona e salsa, mais não sei se é ele que não é tudo o que eu esperava ou se desta vez o lugar que eu comi, não estava legal como na primeira vez, só sei que a cara é ótima, mais eu não curti nada este prato e dei somente 2 colheradas na comida, paguei e sai. 

Bacalhau à Brás

 De la eu sai e resolvi dar uma volta e ver se encontrava algo que me surpreendesse e foi nessa caminhada que encontrei la pelas 19:30 a Tasca Pombalina e comi esta comidinha que também não estava boa, pedi uma coxinha, que veio fria e acabei cancelando, ou seja neste dia não tive sorte pra comer. Os mexilhões não eram maravilhosos, mais estavam gostosinhos, atendimento demoradoooo e o lugar é um ovo viu, então este aí, não é de todo mal, tipo péssimo, mais eu não recomendo não. 

Mexilhões 

 Depois desse jantar frustante voltei de Uber e fui descansar, pois tenho um lema que levo comigo: se deu errado e você tentou mais de uma vez e ainda assim não deu certo, não insista e espere a chegada do próximo dia rsrs.


3º Dia


 No terceiro dia me programei para fazer o roteiro do Tagus Bus Tour, lembra que eu falei que eu comprei o bilhete que da acesso ao uso por 48 horas? Então, hoje eu fiz o roteiro lindo da Tagus que vale muito a pena. Dessa vez eu resolvi tomar um cafezinho nos arredores e seguir andando até a Praça Figueira para pegar o bus turístico. O dia estava frio e chuvoso, então me agasalhei e fui que fui pra mais um dia de descobertas.
 Passei pela Marques de PombalPraça de EspanhaParque Eduardo VIIEl Corte Inglês que eu só consigo comprar coisas quando estão na promoção, fora da promoção sinceramente prefiro as lojas de rua, que tem artigos tão bons quanto e lojas de grife também que só pelo fato de não estar dentro do Corte Inglês são mais baratos. Passei também pelo Miradouro Amoreiras que te da a oportunidade de ver a cidade do alto com um preço bem acessível. 
 Depois me dirigi a Basílica da EstrelaMuseu dos Coches e Museu da Marinha , só que a chuva não parava, e já eram 17:30 e nada da chuva cessar, então o jeito foi eu voltar, ir ao centro da cidade e comprar sapatos de chuva e comer uma comida gostosa no famoso João do Grão e pensar no que poderia ou não fazer mais tarde. 

Dia de Chuva em Lisboa

 Se a comida do restaurante João do Grão vale a pena? Simmmm
 Podem ir com os olhos fechados e fique de olho no cover que é uma delicia, com uns pãezinhos maravilhosos.

Restaurante João do Grão


  Depois de estar com a barriguinha cheia eu fui atrás dos meus sapatos de chuva que são fashion, e super úteis. Estes eu encontrei nas ruelas do centro de Lisboa. 


Sapatos de Chuva


Sapatos de Chuva


 A noite fui na Morada da Fábrica Braço de Prata, que é um espaço cultural  privado, que ocupa as instalações da sede da antiga Fábrica Militar de Braço de Prata, em Lisboa, conhecido popularmente como Braço de Prata. O calendário muda constantemente, e tem sempre coisas novas por la, é uma fábrica, com várias salas onde em cada uma delas há um tipo de apresentação, em uma sala tem uma apresentação, de poesia, na outra de jazz, na outra obras de arte, na outra livros, e tem um bar bem bacana também, onde você pode pedir o seu drink e sair circulando pela Fábrica e usufruindo de cada espaço, é pago uma taxa simbólica na entrada e obviamente tudo o que é consumido dentro da Braço de Prata.


Braço de Prata


Braço de Prata



4º Dia


 Hoje fui fazer o que eu não consegui fazer ontem por causa da chuva, e fui direto a Belém, se você for como eu, que gosta de fazer as coisas com calma, passear mesmo, sem se preocupar com a hora de volta, vá com tempo a Belém, porque Belém vai além dos pasteizinhos de Belém, não faça muitos planos com horas fixas, relaxe e aproveite o passeio 😊
 Lógico que a primeira coisa que eu fiz foi ir conhecer e comer os famosos Pasteis de Belém e sim, são maravilhosos, e totalmente diferentes dos pastéis de nata, lembrando que o único lugar que tem o pastel de belém original é neste lugar que eu fui, qualquer outro é chamado de pastéis de nata, muitos portugueses falaram que é a mesma coisa, mais não é! Uma outra dica é comprar o Mil Folhas que é um sonho, você vai fechar os olhos logo na primeira mordida, simplesmente maravilhoso. 

Informações da Pastelaria de Belém


Mil Folhas


Dentro da loja


Pastéis de Belém 


 Saindo de lá fui andando até o Mosteiro dos Jerónimos que é muito bonito e vale a pena entrar e visitar. O Mosteiro dos Jerónimos foi declarado Monumento Nacional em 1907 e, em 1983, a UNESCO classificou-o como Patrimônio Cultural da Humanidade.

Mosteiro de Jerónimos


Mosteiro dos Jerónimos


 O Mosteiro dos Jerónimos é meio que acoplado a Igreja de Santa Maria de Belém. A igreja apresenta uma planta em forma de cruz latina, reunidas por uma única abóbada (construção arqueada feita de concreto, pedras ou tijolos em forma de cunha, destinada a cobrir um espaço, apoiando-se sobre paredes, pilares ou colunas)
 Dentro você encontrará os túmulos de Vasco da Gama e Luís de Camões.  
 Do lado esquerdo do transepto estão sepultados os restos mortais do Cardeal-Rei D.Henrique e os dos filhos de D.Manuel I, Rei D.Sebastião e dos descendentes de D.João III


Túmulo de Vasco da Gama


Túmulo de Luís Camões


 Saindo do Mosteiro dos Jerónimos e da Igreja Santa Maria de Belém, atrevesse a rua e você vai se deparar com a Rosa dos Ventos que foi oferecida pela República da África do Sul a Portugal. A Rosa dos Ventos tem 50 metros de diâmetro e é feita em mármore, com desenhos de Naus e caravelas, mostrando as principais rotas dos Descobrimentos Portugueses. O autor do desenho é o arquiteto Luís Ribeiro Carvalhosa Cristino da Silva, que foi um arquiteto português. Diplomado pela Escola de Belas Artes de Lisboa em 1919.


Rosa dos Ventos



Rosa dos Ventos



Rosa dos Ventos


  Dali você já vai avistar o Padrão dos Descobrimentos.
  Ele tem 56 metros de altura e se caracteriza por uma caravela com seus navegadores rumo à expansão marítima portuguesa.  Dentre os personagens retratados se destaca Pedro Álvares Cabral, Luís de Camões e Vasco da Gama. E foi construído em 1940 beirando o Rio Tejo.

Padrão dos Descobrimentos


Padrão dos Descobrimentos



Padrão dos Descobrimentos


 Esta ponte que você ai na foto acima, é nada mais nada menos que a Ponte 25 de Abril que garante uma vista linda compondo o Rio Tejo. E sim esta ponte é bem alta fica a mais de 70 metros de altura do Rio Tejo e é considerada uma das pontes suspensas mais altas da Europa. 


Ponte 25 de Abril

 E quando a fome já estava batendo eu resolvi ir almoçar no Vela Latina que fica bem próximo e não é caro, eu escolhi uma espécie de Paella, arroz caldoso, que estava bem gostoso, a vantagem de comer ali é que é self-service então além de se servir com mais rapidez, os valores são justos, não é barato, mais devido a localização eu acho que vale a pena, quanto ao sabor da comida, não é a melhor que eu comi, mais vale a pena pelo custo benefício.





 Uma passada rápida pelas Docas de Belém, onde você pode dar uma volta e ver os barcos ancorados por la. E aí o sol resolveu dar o ar da sua graça e se abriu de forma linda, esquentando o corpo e alma. 


Docas de Belém 


Docas de Belém



 E com o tempo começando a mudar e a chuva e o frio começando a querer vir, fui ver o lugar que mais me impressionou e que tentei por dois dias seguidos entrar, mais devido a maresia, eu particularmente não tive coragem, que é a Torre de Belém.
 Na minha opinião, não sei se por todo o conjunto da obra, a dificuldade de estar ali por causa do mal tempo, e pela maresia que encorporava a Torre fazendo com que fosse um espetáculo a parte, foi o lugar que eu mais gostei em Belém, achei simplesmente lindo e incrível esta torre, veja as fotos 🙏.


Torre de Belém


Torre de Belém



Torre de Belém


Torre de Belém


Torre de Belém


Torre de Belém


Torre de Belém


Torre de Belém


Torre de Belém


Torre de Belém


 E, com o meu roteiro completo em Belém de tudo que eu queria ver, voltei a pensão me arrumei e fui comer em outro lugar que é mais conhecido pelos portugueses que pelos turistas e que esta sempre movimentado e já adianto que vale a pena de verdade, tudo que eu comi é muito bom no Portugália.
 Eu escolhi uma mescla, um pouquinho de cada coisa que achei interessante para provar, você tem a opção de comer no "balcão" e a opção de comer na área interna, quando eu cheguei não tinha lugar para comer na área interna então eu comi no balcão, o seu pedido vem no estilo bandeijão, se você quiser se programar pode ligar no Potugália e fazer sua reserva. 

Batata frita, ovo, bife e um molho maravilhoso por baixo

Frutos do mar e mariscos


5º Dia

 Lisboa é tão fascinante que você fica triste só em pensar que tem tanta coisa pra ser vista e que os dias passam tão rápido. 
 Quem me acompanha aqui no Blog ou no Meu canal no YouTube, sabe que eu gosto de fazer minha viagem de trás pra frente. Como assim Vânia? Eu sempre que posso faço os meus trajetos do lugar mais longe para o mais próximo de onde estou hospedada, porque assim no último dia que é o dia que estamos super cansados eu não tenho que percorrer grandes trajetos e por isso, hoje foi o dia de ver tudo o que acontece na Praça do Comércio e no seu entorno. 
 A Praça do Comércio, também conhecida por Terreiro do Paço, faz parte da Baixa Lisboa, próximo ao Rio Tejo e na zona que foi o local do palácio dos reis de Portugal pelo período aproximado de dois séculos e que hoje esta ocupada por departamentos governamentais, restaurantes e bares. Lugar gostoso de andar, com vistas para o Rio Tejo que deixa tudo ainda mais bonito. 



Praça do Comércio


Estátua de José I


Estátua de José I


Estátua de José I

  
Praça do Comercio


 Uma infusão na Praça do Comércio, para me inspirar, agradecer a vista e a oportunidade de estar em um lugar com tanta história que eu vi só nos livros e ouvi dos professores.




 Cais das Colunas: são essas duas colunas que ficam no fundo da Praça do Comércio, no Rio Tejo.O nome origina-se dos dois pilares na zona ribeirinha, em uma obra realizada durante a reconstrução de Lisboa, após o terremoto de 1755. Os pilares, junto a uma escadaria de mármore que desce até o rio, têm inspiração maçônica e fazem referência às duas colunas do Templo de Salomão (a sabedoria e a devoção).O local serviu de desembarque de figuras de prestígio, como a Rainha Isabel II da Inglaterra, em 1957.

Cais das Colunas


 O Arco da Rua Augusta é o arco branco, lindo, que fica na parte norte da Praça do Comércio sobre a Rua Augusta. Exatamente este aí ao fundo das fotos.







 E já morrendo de fome, eu preferi dar uma volta pela ruelas de lisboa e tentar na sorte encontrar um lugar para comer algo diferente e que não fosse um lugarzinho óbvio dos turistas, a viagem estava começando a chegar ao fim e eu queria um lugar tranquilo, sem muito barulho, e assim eu fui andando, andando até encontrar a Leitaria Anunciada e sem querer querendo entrei em um lugar cheio de história. 
 A Leitaria Anunciada foi implantada numa zona histórica, entre as paredes do lugar existiam varias vacas que diariamente saiam a rua acompanhadas pelos leiteiros para serem ordenhadas. O atendimento é simpático, cordial e muito familiar o que faz você se sentir em casa. E pela primeira vez na minha vida eu resolvi arriscar e provei os famosos caramujos e a Francesinha, que é um dos melhores sanduíches de prato que já comi na vida e é enorme...
 Eu vou deixar a receita aqui para vocês que é incrivelmente fácil e maravilhosa logo abaixo das fotos, vocês vão amar 😋

Parte externa e interna da Leitaria Anunciada


Caracóis de Entrada


Francesinha


Francesinha


Francesinha


Ingredientes para o sanduíche


1 fatia de presunto de boa qualidade

1 linguiça (a de sua preferência), feita na chapa ou frigideira e cortada no sentido do comprimento

1 fatia de mortadela
1 bife fino feito na chapa (ou frigideira)
3 fatias de queijo (meia cura ou mozarela)
2 fatias de pão de forma cortado na hora com cerca de 3 cm de altura cada
1 ovo frito (com gema mole)
Molho à gosto (receita abaixo)

Ingredientes para o molho

3 colheres de sopa de azeite
1 cebola picada
1 dente de alho
150 gramas de fraldinha cortada em cubos médios
1 folhas de louro
piri-piri q.b. (caso não tenha, troque pela pimenta de sua preferência)
2 colheres de sopa de amido de milho
3 colheres de sopa de extrato de tomate
1 cálice de vinho do porto de vinho do Porto
sal a gosto
500 ml de cerveja pilsen

Como fazer

 A essência consiste em fazer um refogado de carne.Em uma panela, frite a cebola, o alho o louro e a carne no azeite. Deixe refogar, em fofo baixo. Acrescente o vinho do porto e o extrato de tomate e mexa até apurar. unta-se o azeite, alho, louro e a carne.Deixe refogar lentamente. Verta a cerveja. Acerte o sal e a pimenta.
 O preparado deverá ferver muito lentamente durante uma hora e meia até ficar no ponto, até que se reduza e fique mais grosso.
Montagem

 Colocar uma fatia de pão de forma com presunto, a mortadela, a linguiça e o bife e levar para grelhar em uma chapa ou frigideira até ficar dourado (vire para que os dois lados obtenham crocância). Retire, coloque em um refratário, cubra com o queijo e coloque no forno para derreter. Retire, coloque em um prato, ponha o ovo sobre o sanduíche e regue com a quantidade de molho da sua preferência.
 Sai dai com a barriga pra la de cheia e cheia de disposição para bater perna e foi assim andando pra lá e pra cá que eu fui já iniciei uma comprinha e outra e fui levando as coisas aos poucos para a pensão. Sai dali e resolvi ir caminhando de volta a Praça da Figueira e comer um docinho na famosa Confeitaria Nacional 

Fotos Tiradas do site da Confeitaria


Essas fotos são minhas e foi isso que eu comprei


 Da confeitaria Nacional eu fui até o elevador Elevador de Santa Justa
 Andei pelas ruelas de Lisboa e fiz pequenas compras nas imediações.


Elevador Santa Justa


 Passei pela Pingo Doce que é um mercadinho bem completo, lá comprei os famosos vinhos Verdejos, alheiras e queijos.
 De lá com as sacolas pesadinhas peguei mais uma vez um Uber e voltei para Pensão. 

6º Dia



Compras, Bonde, Caminhada, Miradouro, Castelo de São Jorge

 Já estou no 6º dia, passou voando, e hoje é dia de ir ao Miradouro de São Pedro de Alcântara que fica na parte alta de lisboa e te presenteia com vistas incríveis. Além das paisagens incríveis eu tive a sorte de ser recepcionada por uma feira de comidinhas portuguesas, caseiras, fresquinhas, trazida pelos próprios produtores, esse foi sem dúvida o dia que eu soube o que é comer um dos melhores embutidos do mundo, ali eu pedi um prato mesclado, que tinha alheira, farinheira, morcela...com um vinho de produção local que estava divino, realmente Deus existe e quis presentear o meu paladar com sabores surpreendentes.























 E com muita vontade de bater perna eu fui andar de bondinho, e este bondinho já fica perto da Praça do Rossio ou Praça de Dom Pedro I




 Do bondinho já fui direto para a Praça do Rossio, não sei se é sempre mais estava tendo uma feirinha na rua, que era simplesmente sensacional e foi lá que eu provei a melhor Ginja que um ser humano poderia provar. Fiquem alerta, tem uma loja de Ginja, chamada Casa da Ginja que fica na Rua de Camões, 63, além de você ter que pagar para provar, já adianto que não é a melhor Ginja, esta é aguada e com muito álcool , a melhor que eu encontrei foi nesta feira ao ar livre na Praça D.Pedro IV ou Praça do Rossio, esta Ginja é simplesmente incrível. 
 Tudo era incrivelmente saboroso, procure bem e compre produtos embalados a vácuo. Lembre-se, que dentro da mala do avião você só pode colocar produtos alimentícios embalados a vácuo e com indicação de procedência e data de validade e comprei uma garrafa desta Ginja da foto que é a melhor que eu já provei, uma pena que eles não possuem loja, mais se você tiver a sorte de se deparar com esta  feira quando você for, faça um print desta foto e mostre nem que seja de um a um na feira até achar a barraca, porque vale muito a pena, tanto na qualidade como no preço e pode falar pra ela que foi indicação da YouTuber Vania porque batemos muito papo este dia 🍷


Esta é a Ginja que eu Não Recomendo









Esta é a Ginja que eu Recomendo



 Com algumas comprinhas feitas, continuei andando pelas ruelas da cidade e depois peguei um Uber e fui para o Castelo São Jorge. Vou deixar ai abaixo o endereço e os horários do Castelo São Jorge para vocês.

EndereçoR. de Santa Cruz do Castelo, 1100-129 Lisboa, Portugal
sexta-feira09:00–21:00
sábado09:00–21:00
domingo09:00–21:00
segunda-feira09:00–21:00
terça-feira09:00–21:00
quarta-feira09:00–21:00
quinta-feira09:00–21:00
Sugerir uma edição


Castelo São Jorge


Castelo São Jorge


Castelo São Jorge


 Saindo do Castelo São Jorge fui ao Pingo Doce que é um supermercado para fazer mais algumas comprinhas, a Pingo Doce existe em vários endereços a que eu fui fica na Rua Actor António Silva, 7 A/B e lá comprei azeite e vinhos. 



7º Dia

 No 7º e último dia como meu voo era no início da noite fui a uma parte de Lisboa, mudar o meu visual, porque ir a Portugal e com tantos africanos vivendo ali não aproveitar para trançar seu cabelo com elas é como ir a minas e não comprar doce de leite e queijo rsrs

Eu com meu cabelo trançado

 Nesta região tem uma boa concentração de cabeleireiros especialistas em cabelo afro e tranças e também tem lojas de produtos para cabelo afro o que vira e mexe eu compro, porque são produtos super hidratantes e os preços dessas lojas são muito bons, a loja que eu mais gostei, tanto pela variedade como pelo preço é uma loja chamada Afros Hair Care que fica na Rua Arco do Marquês de Alegrete Lj 4-6-G 1100-034 Lisboa. 
 Ali também tem alguns restaurante e foi lá que provei a feijoada portuguesa. 
 Eu prefiro a nossa, mais vale a pena experimentar para saber a diferença, já que os Portugueses costumam dizer que a deles é mais gostosa que a nossa rs. 
 O nome do lugar que eu comi chama-se Solar da Beira Baixa é um lugar simples com preços variados e bem espaçoso. A segunda foto com o meu cabelo com o trançado pronto foi tirada lá e abaixo é a foto da feijoada portuguesa. 

Feijoada Portuguesa

 Agora é hora de voltar para a pensão e arrumar as coisas para pegar o voo. 


Minhas compras

 Cada coisa que eu comprei foram feitas em lugares diferentes e muito pesquisados, a diferença nos preços é bem grande, eles sempre cobram mais caro dos europeus, quando eles veem um inglês, um francês o valor em geral é 2, 3 vezes mais caro, pechinche, vá de uma loja a outra porque na Europa no geral tudo tem uma boa qualidade, o que muda é a localização das lojas, as marcas, e fazer o que eu faço, comprar coisas em supermercados, porque é neles que os moradores locais também fazem compras. 
 E assim termina minha viagem a Portugal, espero que este artigo ajude vocês a se planejarem e aprenderem como eu que em dias de chuva você tem que mudar seu roteiro, mais não precisa deixar de se divertir e fazer coisas prazerosas. 
 E como eu sempre digo: - Viajar faz entender você mesma, os outros e a história. 
Um super beijo e uma boa viagem pra você!



Obrigado pela visita








Seja bem vindo

Um convite para vocês!

Olá, quero convidar você a viajar pelo meu Blog. Dê uma olhada nos links das laterais do Blog, veja os temas, entre e leia os conteúdos,...